Civilizações Antigas - Persas, Fenícios e Hebreus


Persas - Os persas formaram uma importante civilização na antiguidade orienta. Este povo dedicou-se às atividades comerciais, fazendo do comércio a principal fonte de desenvolvimento econômico.A religião persa foi criada em homenagem a Zoroastro ou Zaratrusta, o grande profeta e líder espiritual que criou a religião. A política no estado persa feita pelo imperador, que mandava e controlava tudo e todos. O rei era considerado uma espécie de deus na Terra, desta forma, o poder era considerado de direito divino.O povo persa forma um conjunto eclético de grupos que tem a língua persa como principal legado em comum. Diversas populações da Ásia Central, como os hazaras, apresentam traços de ancestralidade mongol, enquanto os persas ao longo da fronteira com o Iraquetêm ligações com a cultura xiita árabe daquele país.


Fenícios - Os fenícios se localizavam no norte da palestina, onde atualmente se encontra o Líbano. A civilização fenícia foi uma cultura comercial marítima empreendedora que se espalhou por todo o mar Mediterrâneo, realizando também o cultivo de cereais, videiras e oliveiras, além da pesca e do artesanato.
Sua civilização estava organizada em cidades-estado, de maneira semelhante à Grécia Antiga. Em cada uma dessas cidades um governo autonômo era responsavel pelas questões políticas e administrativas, que frequentemente se entravam em conflito e podiam dominar umas as outras, mas também apoiar umas as outras.
Os fenícios foram os primeiros a fazer uso extenso, do alfabeto. O alfabeto fonético fenício é tido como o ancestral de todos os alfabetos modernos, embora não representasse as vogais (que foram adicionadas mais tarde pelos gregos).
No cenário religioso, os fenícios incorporaram o predominante politeísmo das sociedades antigas. Durante seus rituais, feitos ao ar livre, os fenícios costumavam a oferecer o sacrifício de homens e animais.


Hebreus - Os hebreus eram um povo de origem semita, que se diferenciaram de outros povos da antigüidade por sua crença religiosa. O termo hebreu significa "gente do outro lado do rio”, isto é, do rio Eufrates. Esse povo, apagado pela grandeza de estados muito maiores, tecnologicamente avançados e mais importantes politicamente, foi responsável, contudo, pela composição de alguns dos livros que compõem a Bíblia, obra considerada sagrada por diversas religiões.
Governados por patriarcas, os hebreus viveram na palestina durante três séculos. Por volta de 1750 a.C. uma seca atingiu a Palestina. Os hebreus foram obrigados a deixar a região e buscar melhores condições de sobrevivência no Egito. Após 400 anos de permanência no Egito os hebreus foram escravizados pelo faraó. Liderados por Moisés, os hebreus abandonaram o Egito retornando à Palestina. Essa retirada dos hebreus do Egito é conhecida como Êxodo.
Assim como muitos povos no Oriente Próximo, os hebreus acreditavam que os nomes revelassem a natureza intrínseca de indivíduos e deuses. Por intervenção de Moisés, os hebreus renovaram um pacto com Deus. Esse pacto era como uma representação dos acordos políticos de vassalagem no Oriente Próximo Antigo. As ordens de Jeová)são formuladas na forma de dez mandamentos.

1º- Amar a Deus sobre todas as coisas.
2º - Não invocar o nome de Deus em vão.
3º - Guardar domingos e festas de guarda.
4º - Honrar pai e mãe.
5º - Não matar
6º - Não pecar contra a castidade.
7º - Não roubar
8º - Não levantar falso testemunho
9º - Não desejar a mulher do próximo
10º - Não cobiçar as coisas alheias





Milla Mariana

4 comentários:

  1. Me ajudou muito com meu trabalho de História, Obrigada (:

    ResponderExcluir
  2. Esses dez mandamentos estão furados. Favor ler o livro de Êxodo capítulo 20.

    ResponderExcluir
  3. 4°: "Lembra-te do dia de Sábado para santificar..."

    ResponderExcluir
  4. Obrigado,me ajudou muito na minha prova,tenho esse assunto no livro mais são 14 páginas!-4 páginas(fenícia)-6 Hebreus-4 persas!
    Obrigado

    ResponderExcluir